Time Out – Dave Brubeck Quartet

2036521-182982181.jpg

Time Out foi lançado em 1959 pela Dave Brubeck Quartet, baseado na marcação do tempo(métrica músical), que na época era pouco usual no Jazz(na maioria valsa ou “double-time waltz”, mas também  9/8, 14/4, e a mais famosa 5/4).

Muito embora o álbum tenha sido concebido como um experimento(o presidente da Columbia, Goddard Lieberson estava querendo arriscar o lançamento do álbum) e tenha recebido criticas negativas no seu lançamento, ele se tornou o mais conhecido e bem vendido álbum de Jazz, atingindo a segunda colocação na Billboard, na categoria “Pop Albums”, e gerou um single – o “Take Five” de Paul Desmond – que atingiu a quinta colocação na Billboard, na categoria “Adult Contemporary”.

Em 2005, foi um dos 50 álbums escolhidos naquele ano pela “Library of Congress” para ser adicionado ao “National Recording Registry”.

image.jpg

Track listing

No LP original em vinil:

Lado A
  1. “Blue Rondo à la Turk” –6:44
  2. “Strange Meadow Lark” –7:22
  3. “Take Five” –5:24
Lado B
  1. “Three to Get Ready” –5:24
  2. “Kathy’s Waltz” –4:48
  3. “Everybody’s Jumpin’ ” –4:23
  4. “Pick Up Sticks” –4:16

brubeckopt.jpg

Take Five é um clássico da música jazz, gravada pelo quarteto de Dave Brubeck, e ditada no álbum de 1959 Time Out. Composta por Paul Desmond, esta música caracteriza-se pela sua métrica, a cinco tempos, e pela melodia do saxofone. Embora não tivesse sido a primeira composição musical com esta métrica, foi a mais significativa, e a mais famosa, nos EUA, tornando-se um sucesso na rádio, numa época em que o Rock’n Roll estava no seu auge. É também conhecida pelo solo de bateria de Joe Morello.

Lançamento 1959
Gravado 25 de junho, 1 de julho, 18 de agosto, 1959 na Columbia’s 30th Street Studio, New York City
Gênero Cool Jazz, West Coast Jazz
Tempo Total 38:35
Gravadora Columbia Records
Produtor Teo Macero

Para baixar o álbum clique AQUI.

Anúncios
Published in: on 9 12UTC 112007000UTC11bMon, 12 Nov 2007 17:36:00 +00002007, 2007 at 22:03  Comments (1)  

Jeff Buckley – Grace (1994)

buckley_jeff_grace_large.jpg

Grace é o único álbum de Jeff Buckley inteiramente produzido em estúdio. Lançado em 23 de Agosto de 1994. O álbum leva o nome da música titulo, “Grace”,  co-escrito por Jeff Buckley e Gary Lucas. Enquanto inialmente o álbum teve uma baixa tiragem, atingindo apenas a 149° colocação no topo da parada americana, ele recebeu grande aclamação por parte dos criticos. Desde a morte de Jeff em 97, parece que o álbum ganha cada vez mais fãs a cada ano, tendo atingido a marca de 2 milhões de cópias vendidas ao redor do globo. Uma versão extendida do álbum foi lançada em 2004, com o subtitulo Legacy Edition, que atingiu a 44° colocação na parada britânica. Esta edição celebra o aniversário de 10 anos do álbum Grace.

kfakfaqmain.jpg

Músicos como  Thom York do Radiohead e Matthew Bellamy do Muse listam Jeff Buckley entre suas influências, e o álbum tem sido ovacionado por artistas como Chris Cornell do Soundgarden e Audioslave, Neial Peart do Rush, Jimmy Page, Robert Plant, e Bob Dylan.

A música titulo, Grace, possui na minha opinião a introdução mais linda já feita para uma música. Além de Jeff demonstrando toda a potência de sua voz e habilidades como compositor. E além de Grace, merecem destaque músicas como Mojo Pin, Last goodbye, So real, e Eternal live.  Há ainda uma versão de Hallelujah, de Leonard Cohen. Música muito utilizada em trilhas sonoras na versão interpretada por Jeff.

jeff_buckley1.jpg

*Para baixar o álbum completo cliqueaqui“.

Published in: on 9 10UTC 112007000UTC11bSat, 10 Nov 2007 00:13:38 +00002007, 2007 at 22:03  Deixe um comentário